Centro brasileiro tem certificação inédita

O Centro de Transplante de Medula Óssea (Cemo) do Instituto Nacional do Câncer (Inca) é a primeira instituição do gênero no mundo a ser certificada pela Joint Commission International (JCI), que atesta a qualidade de serviços de saúde. A entidade reconheceu que o Cemo não só tem as melhores práticas durante o processo de transplante, mas também no cuidado com o paciente.

Agência Estado |

Uma equipe norte-americana avaliou os procedimentos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG