Celulares chegariam a um presídio por meio de pipas

Três homens foram detidos hoje em Martinópolis, no interior paulista, quando se preparavam para enviar por meio de quatro pipas seis celulares, sete carregadores, quatro chips e três fones para detentos do presídio da cidade. Vinícius Jorge de Sousa, de 21 anos, Thiago Brandão Trancozo, de 23, e Pedro Rafael Ribeiro da Silva, 20, foram surpreendidos pela Polícia Militar em um pontilhão preparando as pipas.

Agência Estado |

Um celular e um carregador já estavam colados nas pipas com fita adesiva, prontos para "voar" até o pátio da penitenciária.

Foi aberto inquérito e, depois de interrogados, os acusados foram liberados. Eles viajaram para Martinópolis em ônibus que transportam parentes de presos para as visitas do fim de semana.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG