Celso Amorim defende visita de líderes internacionais para conhecer biocombustíveis

Brasília - O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, ressaltou hoje (21) a importância da vinda de líderes mundiais ao Brasil para que se convençam dos benefícios gerados pelos biocombustíveis. Como exemplo disso, ele citou a visita da primeira-ministra alemã, Angela Merkel, na semana passada, ao País.

Agência Brasil |

Minha visão é que as declarações da chanceler antes e depois de vir ao Brasil são bem diferentes. Ela veio, viu e se convenceu, afirmou Celso Amorim antes de começar a Audiência Pública da Representação Brasileira do Parlamento do Mercosul, no Senado.

Sobre a possibilidade de o Brasil fazer campanhas publicitárias internacionais em favor dos biocombustíveis, Celso Amorim disse que teria conversado com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva hoje pela manhã a respeito desse assunto.

De acordo com ele, vários órgãos do governo precisam se envolver nesse processo. Não é o Itamaraty sozinho que pode agir, nós vamos ajudar. Esta obsessão por possíveis aspectos negativos dos biocombustíveis está só na imprensa ocidental e reflete interesses protecionistas, concluiu o ministro.

    Leia tudo sobre: biocombustível

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG