A Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou hoje que vai disponibilizar R$ 1,5 bilhão, por meio de várias ações e operações de crédito, para as famílias que sofreram com as chuvas nos municípios de Santa Catarina. Os recursos serão utilizados pelas linhas de compra de material de construção (Construcard, Producard), eletrodomésticos e empréstimos para pessoa física e jurídica, no segmento comercial e habitacional.

Serão cerca de R$ 500 milhões para pessoa jurídica, sendo R$ 50 milhões com taxa a partir de 0,83% + TR ao mês (para micro e pequenas empresas). A CEF também aumentou o limite de financiamento de R$ 10 mil para R$ 50 mil por empresa e disponibilizou R$ 100 milhões com taxa a partir de 1,27% ao mês + TR. Já para pessoa física serão R$ 400 milhões e para crédito habitacional, R$ 600 milhões. Todos os recursos serão liberados dentro das diversas linhas disponíveis na carteira de crédito da CEF.

As vítimas das chuvas poderão também utilizar o recurso do Fundo de Garantia por Tempo de Serviços (FGTS). O valor do saque está limitado a R$ 2.600,00 ou ao saldo da conta vinculada (se inferior a esta quantia). Desde março de 2004 os recursos do Fundo podem ser usados por vítimas de chuva, o que representa 536.844 pessoas beneficiadas, num montante de mais de R$ 543 milhões (até setembro de 2008).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.