CEF projeta aumento do crédito em 30% em 2009

A presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Maria Fernanda Ramos Coelho, afirmou hoje que projeta o volume de crédito para pessoa física e jurídica em R$ 60 bilhões em 2009, um crescimento de mais de 30% em relação a 2008. Para pessoa jurídica, o crescimento deve ser muito maior.

Agência Estado |

Segundo o vice-presidente do banco para a área de pessoa jurídica, Carlos Antonio de Brito, ele será de cerca de 100% do registrado no ano passado.

No crédito imobiliário, de acordo com a executiva, a expectativa é de que a CEF feche 2009 com um volume de R$ 39 bilhões, ante os R$ 23 bilhões do ano anterior. No ano, até 31 de agosto, Coelho calcula que foram investidos R$ 27 bilhões em novas unidades, consórcio imobiliário e material de construção. "Já contratamos 509 mil operações na área imobiliária, sendo que 306 mil são novas unidades", ponderou. A meta da CEF é contratar 400 mil novas unidades neste ano e outras 400 mil em 2010, também no âmbito do programa "Minha Casa Minha Vida", do governo federal.

No primeiro semestre, o credito imobiliário cresceu 90% em relação ao mesmo período de 2008. Na avaliação da presidente, a CEF continuou concedendo financiamento na primeira metade do ano, mesmo com a recessão, "dotando o mercado de crédito", em oposição ao posicionamento dos bancos privados. "A CEF manteve a confiança nos fundamentos econômicos do País", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG