Cedae solicita aos moradores do Rio e da Baixada Fluminense que economizem água

RIO DE JANEIRO ¿ A Cedae, concessionária responsável pelo fornecimento de água no Rio e na Baixada Fluminense, solicita aos consumidores que economizem água e comecem a estocá-la a partir desta segunda-feira. Segundo a companhia, a economia é necessária porque na quinta-feira será realizada uma manutenção preventiva na Estação de Tratamento de Água do Guandu, em Itaguaí.

Redação |

Acordo Ortográfico

A concessionária informa que o objetivo da operação é garantir o perfeito funcionamento do sistema durante o próximo verão, quando a demanda por água aumenta consideravelmente. Durante os serviços, o Guandu terá a sua operação interrompida, podendo afetar o abastecimento em grande parte da cidade do Rio de Janeiro e da Baixada Fluminense.

Os trabalhos, que serão iniciados às 8h e terão a duração de 24 horas, vão contar com a participação de cerca de 300 funcionários. Durante a paralisação, os técnicos da Cedae farão uma vistoria minuciosa nos reservatórios e canais de água filtrada da estação de tratamento e nas adutoras e elevatórias que compõem o sistema abastecimento do Guandu.

O abastecimento de água começará a ser normalizado logo após o fim dos trabalhos, entretanto, em algumas áreas mais isoladas, como regiões mais altas e pontas do sistema, o abastecimento poderá levar até 48 horas para ser restabelecido. Até a normalização do fornecimento de água, os moradores devem evitar desperdícios como lavar carros e calçadas, tomar banhos demorados regar jardins e quintais.

Leia mais sobre: fornecimento de água

    Leia tudo sobre: baixada fluminensecedaefornecimento de águarioágua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG