Prefeito pede licença, é cassado por vereadores e filho assume

Segundo Câmara Municipal, Jesus Werton 'abandonou cargo' ao se ausentar por prazo superior ao permitido

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

Divulgação
O prefeito Jesus Werton (PSDB), Santana do Cariri: "Precisei ir a Fortaleza, passei, voltei e reassumi"
Os vereadores do município de Santana do Cariri, localizado na região do Cariri, a 508 quilômetros de Fortaleza, cassaram nesta quinta-feira (15) o mandato do prefeito Jesus Werton (PSDB).

Desvio de R$ 3 milhões: Prefeito, secretários e vereadores do Ceará são presos

O argumento: Fraude não acontece por "má fé" de prefeitos, diz associação do Ceará

Segundo a presidenta da Câmara Municipal, vereadora Ana Machado (PSL), o prefeito teria tirado licença e deixado no poder seu filho, o vice-prefeito Geraldo Werton, sem a permissão dos vereadores. Ele nega que tenha abandonado a função.

Os vereadores de oposição que votaram pela cassação do prefeito alegaram que ele só poderia se licenciar sem a autorização dos vereadores por, no máximo, dez dias. A presidenta da Câmara afirmou que Werton encaminhou um requerimento ao legislativo para se afastar por 30 dias, mas teve o pedido negado, mas mesmo assim o chefe do executivo teria se ausentado das funções, deixando o filho em seu lugar.

O prefeito nega. Ele disse à reportagem do iG que nunca passou mais de dez dias consecutivos longe de seu gabinete e que tem todas as atas para provar isso. Werton reconheceu que se ausenta com frequência, mas sempre para cumprir agenda em Fortaleza ou Brasília. “Precisei ir a Fortaleza, passei, voltei e reassumi. Teve marcha dos prefeitos, tornei a passar o mandato, depois reassumi de novo. Sempre que vem um convite a participar de algo na Assembleia Legislativa, eu vou”, contou.

Werton já está no quarto mandato como prefeito e, quando não disputou eleição, elegeu seu candidato. Ele poderia disputar a reeleição em 2012, mas resolveu se aposentar e passar o bastão para o filho, seu vice-prefeito. Do outro lado, a presidenta da Câmara, que pediu a cassação do prefeito, também já lançou sua irmã como pré-candidata a prefeitura. “Em maio me afasto e ele assume. Vai concorrer. O grande problema deles é esse”, argumentou Werton.

Santana do Cariri é um pequeno município encravado na Chapada do Araripe com cerca de 20 mil habitantes. O lugar tem um dos principais sítios arqueológicos do Brasil e conta com um museu dedicado a paleontologia.

    Leia tudo sobre: Santana do CaririJesus Werton

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG