Juiz é suspeito de atropelar e arrastar motociclista no Ceará

De acordo com a polícia, o carro do juiz arrastou a vítima por um quilômetro. O acidente ocorreu na madrugada desta segunda-feira

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

Um juiz de Direito do Ceará é suspeito de atropelar e matar um motociclista na madrugada desta segunda-feira, em Fortaleza. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), após a colisão, o motociclista foi arrastado por cerca de um quilômetro pelo veículo. O motorista fez o teste do bafômetro no local e foi constatada a embriaguez.

O suspeito de atropelar Henrique Maria da Silva, de 23 anos, é o juiz 11ª da Vara Cível do Fórum Clóvis Beviláqua de Fortaleza, Aristófanes Vieira Coutinho Júnior, de 46 anos.

A PRE informou que a motocicleta e a picape trafegavam no mesmo sentido no momento da colisão. O acidente aconteceu por volta das 3h, próximo ao Centro de Eventos, na avenida Washington Soares, trecho em que o limite máximo de velocidade é 60km/h. 

Após o choque, a motocicleta foi arrastada por mais de quilômetro. O motociclista foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital. 

Segundo o policial da PRE, soldado Samuel Alves, o teste do bafômetro foi realizado e apontou um índice de 0,82 mg de álcool por litro de sangue. Pela chamada "Lei Seca" do Código de Trânsito Brasileiro, a partir de 0,13 mg de alcool por litro de sangue, o condutor sofre apenas sanções administrativas: multa e apreensão da habilitação. Se a alcoolemia constatada for superior a 0,33 o motorista é levado a delegacia por crime de trânsito. O juiz foi levado ao 2º Distrito Policial, mas não preferiu não dar entrevista.  Em depoimento à polícia, ele declarou que vinha de uma "comemoração no interior", mas negou que estivesse em alta velocidade.

O delegado plantonista, João Marcelo, também não quis dar mais informações sobre o caso. O relações públicas da Polícia Militar, major Fernando Albano, disse que só quando o laudo da perícia for emitido, no prazo de 30 dias, será possível dizer só o juiz Aristófanes dirigia em velocidade acima do permitido.

Em nota, o Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) lamentou o episódio e informou que o magistrado se apresentou nesta manhã ao presidente do Tribunal, desembargador José Arísio Lopes da Costa, "que está adotando providências visando à instauração dos procedimentos legais cabíveis".

O veículo utilitário da marca Hyundai Santa Fé, que pesa 1.800 quilos e tem 1,80 m de altura, teve a parte dianteira destruída.

    Leia tudo sobre: Fortalezamotociclista

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG