Homem confessa ter abusado de menino dentro do aeroporto de Fortaleza

À polícia, Cleiton Berto Soares, de 32 anos, disse que "foi um momento de fraqueza"

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

Um homem foi preso em flagrante na noite da última segunda-feira (20) acusado de abusar sexualmente de um garoto de 14 anos em um dos banheiros do Aerporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. À polícia, Cleiton Berto Soares, 32, disse que “foi um momento de fraqueza”.

Leia mais notícias sobre o Ceará

Cleiton Soares foi detido por seguranças do aeroporto e preso por agentes da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Os seguranças foram avisados por usuários do aeroporto. Eles desconfiaram da atitude do acusado e dos dois garotos, que estavam sem a companhia de responsáveis. Segundo a polícia, a porta do banheiro estava travada e, quando foi aberta, o garoto estava despido.

O crime aconteceu às 20 horas, horário em que o movimento mais intenso do Aeroporto Internacional Pinto Martins começa a diminuir. O banheiro utilizado pelo acusado fica no mirante do aeroporto, local onde as pessoas observam a partida e a chegada das aeronaves, e onde o movimento no prédio é menor. Lá, só existe uma lanchonete, bancos de espera e um cyber café pouco utilizado. Em período de baixa estação, como é o caso do mês de junho, em média 14 mil passageiros embarcam e desembarcam no Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Divulgação
Vista interna do aeroporto de Fortaleza
Segurança

A Infraero informou que uma empresa terceirizada faz a segurança do aeroporto, mas não pode divulgar o número de homens. O terminal conta ainda com circuito interno de TV composto por mais de 100 câmaras, mas não informou se a movimentação foi flagrada por alguma delas. A polícia ainda não teve acesso a essas imagens. Por se tratar de um lugar público, não há um controle de pessoas que transitam no aeroporto. As únicas áreas com entrada e saída restrita são as de embarque e desembarque de passageiros.

Versão da vítima

Na delegacia, o garoto contou que não foi atraído para o banheiro pelo acusado. Em depoimento, a vítima disse que foi limpar a roupa que havia sujado com sorvete, quando o acusado já despido o abordou e o forçou a praticar sexo oral nele. O garoto mora no bairro da Serrinha, próximo ao aeroporto, e contou na delegacia que estava no terminal assistindo aterrissagens e decolagens de aviões, junto com o primo de 13 anos.

Recorrente

Os pais dos garotos foram ouvidos pelo delegado de plantão. O pai da vítima contou que os garotos sempre vão ao aeroporto e que, em outra situação, o menino de 14 anos foi encontrado tomando sorvete com um estrangeiro, que inclusive ofereceu dinheiro a ele. A mãe do menino de 13 anos narrou a mesma história envolvendo seu filho há cerca de um ano. Na época, ela foi comunicada pelo Juizado de Menores do aeroporto sobre o caso. A suspeita era a de que o estrangeiro havia tentado aliciar os meninos. Porém, nenhuma providência legal foi tomada.

A titular da Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), delegada Ivana Timbó, não sabe se o encontro foi marcado, nem se essa é uma prática comum no aeroporto de Fortaleza.

Versão do acusado

Cleiton foi autuado em flagrante no 5º Distrito Policial, bairro da Parangaba, e levado para a Dececa. Ele confessou o crime, mas não contou à polícia o que estava fazendo no aeroporto. Sabe-se apenas que ele não iria embarcar em nenhum voo nem estava desembarcando. Na delegacia, o homem se apresentou como professor de História, comprovou que tem nível superior, mas não que dá aula.

    Leia tudo sobre: fortalezacearáabuso sexual

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG