Em Fortaleza, criança de 11 anos morre após praticar roleta russa

Polícia tenta saber quem é o dono da arma, que não possuia registro, e como ela chegou ao garoto

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

Uma criança de 11 anos morreu com um tiro na cabeça na manhã desta terça-feira (21), em Fortaleza. O disparo foi feito por um adolescente de 16 anos, amigo do garoto morto. Os dois estavam praticando “roleta russa” com um revólver calibre 32. A polícia ainda não sabe a quem pertencia a arma, apenas que ela estava em poder da vítima.

Leia mais notícias sobre o Ceará

A roleta russa acontece quando uma pessoa coloca uma ou duas balas em uma arma, roda o compartimento onde elas estão depositadas e então aperta o gatilho, sem saber se o tiro vai ser disparado. Frequentemente, isso acaba em morte.

O caso aconteceu às 10h, no conjunto Jardim Violeta, periferia da capital cearense. Francisco Mateus Farias de Lima foi atingido na cabeça por um único disparo. Ele morreu na hora e o adolescente foi encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Segundo a polícia, o jovem de 16 anos confessou que fez o disparo e contou que os dois sempre brincavam em sua casa após as aulas. Desta vez, segundo ele, a vítima apareceu em sua residência com o revólver. Os dois iniciaram o jogo e a criança de 11 anos acabou morta. A polícia ainda está apurando a quem pertencia a arma, que não possui registro.

    Leia tudo sobre: armasviolênciacearáfortaleza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG