Cantor brega terá programa de entrevistas na TV pública do Ceará

Um dos primeiros convidados de Falcão deve ser Ciro Gomes, irmão do governador do Estado. Cantor nega ligação política

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

nullO cantor e humorista cearense Marcondes Falcão Maia, mais conhecido como Falcão,
terá seu próprio programa de entrevistas na TV Ceará. A nova atração da emissora pública cearense deve estrear em janeiro de 2012. Segundo o “brega star”, a condição para aceitar ir para a televisão foi a de ter “liberdade” para falar do que quiser.

Eleições 2012: Filho de Tiririca, Tirulipa quer ser vereador em Fortaleza

Sem piada: Tiririca assina requerimento para criação de CPI

O programa, que ainda não tem nome definido, será semanal, terá uma hora de duração e contará com uma banda de música. “Será mais ou menos como um Jô Soares magro”, brinca o humorista. Falcão aguarda apenas que o cenário fique pronto para começar as gravações. “O cenário será light, limpo, para não misturar muito com meu figurino que já é por demais cenográfico” declarou à reportagem do iG o artista conhecido por canções como "Só é Corno Quem Quer".

O ex-deputado federal Ciro Gomes (PSB) e o cantor e compositor Fagner estão cotados para serem os primeiros a participar do programa no estúdio. “Esse formato inicial é de entrevista, mas é algo que pode mudar a qualquer momento. É uma obra aberta, como diria Umberto Eco”, ironizou referindo-se à obra do filósofo italiano.

Divulgação
O cantor Falcão, sobre seu novo programa: "Será mais ou menos como um Jô Soares magro"
Apesar dos preparativos adiantados, Falcão ainda não tem um contrato firmado com a emissora pública. “Vamos fazendo e vamos ver no que dá. Depois a gente senta com o governador Cid Gomes (PSB) e discute”. Segundo ele, Cid também deve ser um dos primeiros entrevistados de seu talk show.

Cid, aliás, é um dos principais entusiastas dessa nova faceta de Falcão. Contudo, o cantor assegurou que não tem qualquer relação com a política partidária e que “nunca foi cabo eleitoral de ninguém, até para poder falar mal de quem eu quiser”. “Posso até criticar o Cid, se achar que devo, mas nem sei como ele vai reagir”.

Divulgação
Falcão: "Posso até criticar o Cid, se achar que devo, mas nem sei como ele vai reagir"
Falcão vivenciou os anos da reabertura política no Centro de Humanidades da Universidade Federal do Ceará (UFC). Estudava Arquitetura e Urbanismo, curso ao qual pertence um dos centros acadêmicos mais atuantes da universidade na época. Desse período e da trajetória como artista, guarda amigos de vários partidos, grupos políticos e ideologias diferentes, por isso também prefere não escolher um lado.

“Não me envolvo. Quando chega período de campanha, de eleição, eu me afasto, desapareço. Isso já até magoou alguns amigos políticos que contavam com meu apoio.

Apesar de não ter afinidade com nenhum partido e se considerar “de esquerda”, o humorista revelou que já foi convidado para ser candidato à Presidência da República pelo então presidente do PHS cearense, o ex-deputado estadual Francisco Caminha. A ideia era que ele fosse um nome “alternativo” à reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva . “Isso não é brincadeira, mas eu não quis, não me interessa, até para não atrapalhar os candidatos sérios”.

    Leia tudo sobre: falcãocearácid gomeshumor

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG