Aluno dispara arma por engano e acerta orelha de colega no Ceará

Disparo aconteceu dentro de um colégio público na capital do Estado, Fortaleza. Garota atingida foi operada e passa bem

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

Uma estudante de 14 anos foi baleada por um colega dentro da sala de aula de uma escola pública na periferia de Fortaleza, na manhã desta segunda-feira (21). O tiro de revólver atingiu de raspão a orelha da garota. Ela foi socorrida e passa bem. O adolescente de 16 anos contou à polícia que o tiro foi acidental. Ele vai responder por posse de arma e lesão corporal.

Massacre de Realengo: relembre a chacina que chocou o País

Tragédia sem explicação: aluno de 10 anos atira em professora em escola de São Paulo

O tiro pegou de raspão na orelha da aluna. Ela foi socorrida e levada para um hospital no bairro de Messejana, passou por uma cirurgia e já foi liberada.

O incidente aconteceu na escola estadual Aluízio Barros Leal, localizada no Conjunto João Paulo 2º, no bairro Barroso. A direção da escola disse que o aluno tinha bom comportamento . No depoimento à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), ele disse que a arma, um revólver calibre 22, foi herdada de um amigo morto e que a ideia era usá-la para intimidar outro aluno, que estaria fazendo ameaças a ele. O adolescente contou ainda que o tiro aconteceu ao manusear a arma e depois tentar escondê-la na roupa.

O garoto será transferido da delegacia para uma unidade de recepção até que seu destino seja determinado pela Justiça.

Somente neste ano, o iG noticiou três casos de assassinatos praticados em dependências de escolas públicas do Ceará.

Veja os casos:

- Em Fortaleza, adolescente é assassinado a tiros dentro de escola

- Jovem é assassinado dentro de escola em Fortaleza

- Estudante é assassinado dentro de escola em Fortaleza

    Leia tudo sobre: violência na escolacearáfortaleza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG