Agentes de trânsito de Fortaleza entram em greve

Cidade terá três eventos de médio durante o final de semana; Polícia Rodoviária Estadual vai fiscalizar o trânsito

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

Os agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) de Fortaleza entraram em greve nesta sexta-feira (3). A cidade terá três eventos de médio porte durante o final de semana que exigem desvio de tráfego de carros. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) deve dar apoio durante a paralisação fiscalizando e orientando o trânsito da capital.

Os agentes de trânsito querem um reajuste salarial superior a 6%, aumento de gratificação e a regulamentação dos bônus por produtividade.

Mais greves:

Em meio à greve da PM, Salvador tem 18 homicídios em seis horas

Com greve de policiais, Fortaleza entra em pânico e lojas fecham

Com greve da PM, capital do Maranhão vive onda de boato e pânico

Representantes da categoria e da Prefeitura de Fortaleza se reuniram na manhã desta sexta-feira, mas não chegaram a um acordo. Durante a tarde, os agentes realizaram uma assembleia e anunciaram a greve. O comando do movimento informou que 30% do efetivo continuará trabalhando.

Três eventos de médio porte que demandam intervenções nas vias da cidade acontecerão durante o final de semana. No sábado (4), vários blocos de pré-carnaval desfilam pelas ruas da Praia de Iracema. Durante a passagem dos foliões, o trânsito precisa ser interrompido.

No domingo (5), o Estádio Presidente Vargas (PV) recebe a partida entre os times do Fortaleza e Guarani de Sobral pelo campeonato cearense. Como o estádio não tem estacionamento, os motoristas acabam ocupando as ruas no entorno, causando transtornos para os moradores da área.

Também no domingo, às 14 horas, acontecerá o evento católico “Queremos Deus”. A previsão é a de que 70 mil pessoas participem da festa católica. O deslocamento dos fiéis para o Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU) costuma gerar engarrafamento na avenida Alberto Craveiro e em seu entorno.

Mais paralisações

Outras quatro categorias de servidores de Fortaleza estão realizando paralisações durante algumas horas do dia. Os servidores Instituto de Pesos e Medidas (Ipem), do Instituto Doutor José Frota (IJF), dos hospitais distritais, além do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu)e do Centro de Assistência à Criança (Croa).

    Leia tudo sobre: grevetrânsitofortaleza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG