Acidente com bugues clandestinos deixa turistas feridos em duna do Ceará

Dois bugues despencaram de um paredão formado por dunas móveis de 30 metros de altura. Um deles chegou a capotar

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

ig
Canoa Quebrada fica a 167 quilômetros de Fortaleza
Um acidente envolvendo dois bugues clandestinos, na quarta-feira (7), deixou quatro turistas feridos em uma duna da praia de Canoa Quebrada (a 167 quilômetros de Fortaleza), no município de Aracati, litoral leste do Estado. Os veículos não tinham alvará da prefeitura e os motoristas não eram credenciados.

Os dois bugues despencaram de um paredão formado por dunas móveis de 30 metros de altura. Um deles chegou a capotar. De acordo com a Guarda Municipal de Aracati, os veículos que faziam o passeio com os turistas estavam irregulares. Para evitar a fiscalização, eles fizeram um desvio e aconteceu o acidente. Os quatro turistas foram encaminhados ao hospital com ferimentos leves.

Segundo Nilo Nogueira, da Associação de Bugueiros de Canoa Quebrada, existe uma frota de bugues “piratas” oferecendo passeios com preços menores aos turistas. Ele explicou à reportagem do iG que pelo fato de as dunas de Canoa Quebrada serem móveis, além de conhecer a área, o motorista precisa dominar a técnica necessária para subir e descer essas dunas. “Nós que somos associados, passamos por um treinamento e por um estágio, adquirimos experiência e trocamos informações. Como a areia é fina, a gente tem de trafegar com velocidade para não atolar e ter força para subir as dunas. Se você não conhece, pode cair de um paredão, como aconteceu nesse caso”, alertou.

Canoa Quebrada tem 65 bugues credenciados que fazem passeios fixos com preços tabelados. O bugue regular pode ser identificado pela placa vermelha, pelo alvará exposto no para-brisa e pelos motoristas fardados com identificados.

Em Aracati, a fiscalização na área de proteção ambiental é realizada pela Guarda Municipal. Na faixa litorânea, onde há fluxo de banhistas, o Departamente Estadual de Trânsito do Ceará (Detran) é o responsável.

    Leia tudo sobre: bugueacidenteceará

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG