Religião e rock concorrem com carnaval fora de época em Fortaleza

Halleluya aguarda um milhão de pessoas e faz frente ao Fortal, uma das maiores micaretas do País. Modesto, Forcaos reúne 20 bandas e é alternativa para roqueiros

Daniel Aderaldo - iG Ceará | - Atualizada às

Rock pesado, trios elétricos e um evento musical católico devem reunir, em Fortaleza, até o final de semana, aproximadamente 1,5 milhão de pessoas, em diferentes pontos da cidade. Considerado um dos maiores carnavais fora de época do País, o Fortal estreia nesta quinta-feira (19) sua 21º edição. Mais de 500 mil pessoas devem ir à micareta durante os quatro dias de festa no complexo montado próximo à Praia do Futuro. Serão 30 bandas e cantores se apresentando em trios elétricos.

Leia também: Religião, rock e axé devem reunir 1,5 milhão de pessoas em Fortaleza

Antes do surgimento do Fortal, em 1991, Fortaleza não contava com um festival de música fixo em seu calendário de eventos. A micareta reinou soberana até 1997, quando uma comunidade católica preocupada com o destino dos fieis durante as férias do meio de ano decidiu criar sua própria folia.

Divulgação/Arquivo
Fortal deve reunir 500 mil pessoas em Fortaleza

Atualmente, pelo menos no quesito público, o tradicional Halleluya faz frente ao Fortal. Nesta edição, a organização do evento católico espera receber, até domingo (22), um milhão de fiéis no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU) – espaço com 60 mil metros quadrados. São mais de 20 atrações nacionais. Entre elas, está o padre Fábio de Melo.

O produtor musical Amaudson Ximenes relembra que, nos primeiros anos de Fortal, a cidade parava. Até porque os trios elétricos percorriam a avenida Beira Mar, um dos principais cartões postais da capital, e todo o entorno do circuito era interditado - hoje há um espaço particular dedicado ao evento. Quem não gostava do estilo, fica sem opção.

Divulgação/Arquivo
Halleluya deve reunir um milhão de fiéis

O Forcaos surgiu, então, há 14 anos, como alternativa para os roqueiros de Fortaleza, e acabou se tornando um dos maiores festivais de rock do Nordeste. Este ano, 20 bandas de Fortaleza e de várias partes do Brasil se apresentam durante dois dias no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura para um público estimado de dez mil pessoas.

    Leia tudo sobre: fortalezafortalforcaoshalleluya

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG