BRASÍLIA - A Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) aprovou um requerimento de autoria do senador Romero Jucá (PMDB-RR) convocando o ministro da Justiça, Tarso Genro, e o diretor geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, para prestar esclarecimentos sobre a operação Castelo de Areia.

Jucá se antecipou à oposição que na tarde desta terça-feira, em discurso no plenário, já havia exigido a presença do ministro.

O líder do PSDB Arthur Virgílio disse que o vazamento de informações sobre doações para partidos deixou claro como a luz o uso político da PF nas investigações e a intenção de prejudicar a oposição.

Leia também:

Leia mais sobre: Camargo Corrêa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.