CCJ aprova convite para Carvalho depor sobre dossiê

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou hoje convite para que o chefe de gabinete pessoal da Presidência da República, Gilberto Carvalho, compareça ao colegiado para falar sobre provável envolvimento na elaboração de dossiê que denuncia supostas contas bancárias do senador Marconi Perillo (PSDB-GO) no exterior. A ideia inicial, apresentada em requerimento pelo próprio parlamentar tucano, era para que fosse feita uma convocação, mas a CCJ aprovou apenas um convite.

Agência Estado |

Ao apresentar seu requerimento, Perillo citou reportagem publicada pelo jornal Estado de S.Paulo que informou que o líder do PR na Câmara, deputado Sandro Mabel (GO), teria comunicado a Carvalho a existência das supostas contas do tucano no exterior. Foi aprovado também o convite para que o deputado Mabel, o procurador Fernando Krebs e o secretário Nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, compareçam à CCJ para dar falar sobre o dossiê.

O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) disse que o PSDB vai levar o caso ao Conselho de Ética da Câmara. "Não é a primeira vez que o deputado Sandro Mabel frequenta esse conselho", disse o senador, presente à reunião da CCJ.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG