A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados pode votar hoje a proposta do Projeto de Decreto Legislativo que suspende a resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinando a perda de mandato em caso de troca injustificada de partido. O autor do projeto, deputado Regis de Oliveira (PSC-SP), afirma que a resolução do TSE, que definiu que o mandato pertence ao partido, invade a competência do Poder Legislativo porque cria obrigações e restringe direitos, o que só poderia ocorrer por meio de lei.

O relator do projeto, deputado Marcelo Itagiba (PMDB-RJ), apresentou parecer favorável.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.