NOVA YORK (Reuters) - O cantor e compositor Cat Stevens concordou na segunda-feira que a canção Viva La Vida, do Coldplay, parece com uma música sua de 1973, mas não chegou a dizer se vai processar a banda por plágio. Meu filho chamou minha atenção a isso. Ele falou: Isso não parece Foreigner Suite?, disse o músico, hoje conhecido como Yusuf Islam, à Reuters.

"A canção sem dúvida parece com a minha. Tem acordes tão lógicos, e a melodia tem que ser o que é..."

Indagado, em entrevista telefônica concedida desde Londres, se vai levar a questão à Justiça, Islam, de 60 anos, disse: "Depende de quão bem Satriani se sair".

O guitarrista norte-americano Joe Satriani moveu uma ação contra o Coldplay, acusando a banda britânica de infração de copyright. Ele alega que partes substanciais de sua canção "If I Could fly" são recicladas em "Viva La Vida" e pediu indenização.

Islam, cujo novo álbum, "Roadsinger", chega às lojas nesta terça, 5 de maio, não pôde apresentar-se num concerto em Nova York no domingo em função de problemas com "autorização de trabalho".

Muçulmano convertido, o cantor disse que o problema não está relacionado ao fato de ele ter tido seu ingresso nos EUA negado cinco anos atrás porque seu nome constava de uma lista de pessoas a quem o governo negou entrada no país.

"Foi apenas adiada por uma semana", disse, referindo-se a sua viagem aos EUA para promover o novo álbum. "No dia em que eu estava programado para ir à embaixada americana, eles tinham implementado um novo sistema. Havia diabinhos atrapalhando as coisas, mas eles (os funcionários da embaixada) foram muito simpáticos."

(Por Steve James)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.