Cassol: falta apoio do governo para preservar Amazônia

O governador de Rondônia, Ivo Cassol, reclamou hoje da falta de apoio do governo federal para a preservação da floresta amazônica durante audiência pública promovida pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados. Cassol disse ainda que não recebeu nem mesmo um carrinho de mão do governo federal, mas sempre é apontado como culpado pelo desmatamento, segundo a Agência Câmara.

Agência Estado |

Ele informou, no entanto, que o Estado conseguiu reduzir em 60% do desmatamento desde agosto de 2006. O evento também conta com a participação do governador de Mato Grosso, Blairo Maggi.

Cassol sugeriu a criação de uma contribuição inspirada na CPMF. Esse novo tributo, que ele chamou de Contribuição Social Sustentável, financiaria a preservação da floresta. "Por que não colocar 0,05% para a preservação da Amazônia? É preciso botar a mão no bolso para ajudar a conservar. De conversa estamos cheios."

O governador de Rondônia lembrou de ações governamentais do passado, como a política de incentivo à ocupação da Amazônia. A solução dos problemas fundiários na região, disse ele, é o primeiro passo para a preservação da floresta para depois criticar a lentidão dos órgãos federais no processo de regularização.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG