Casos suspeitos de gripe H1N1 no Brasil caem a 35,diz ministério

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil tem 35 pacientes suspeitos de terem contraído o vírus da gripe H1N1, informou nesta sexta-feira o Ministério da Saúde. Até quinta-feira eram 38 casos suspeitos no país. Desde domingo o Brasil não tem um caso confirmado da doença, que ficou conhecida como gripe suína. Oito brasileiros tiveram o H1N1 confirmado, dos quais dois foram contaminados em território brasileiro por um conhecido que pegou a gripe durante viagem ao México.

Reuters |

Os casos suspeitos estão divididos nos Estados de Minas Gerais (8), Rio de Janeiro (6), São Paulo (5), Pernambuco (4), Distrito Federal (2), Goiás (2), Rio Grande Do Sul (2), Alagoas (1), Ceará (1), Pará (1), Paraná (1), Piauí (1) e Rondônia (1).

Outros 25 pacientes estão em monitoramento em sete Estados, enquanto 232 casos foram descartados após a realização de exames laboratoriais, informou o Ministério da Saúde em comunicado.

Apesar da transmissão confirmada dentro do país, o ministério considera que não há evidências de uma transmissão sustentada de pessoa para pessoa do vírus H1N1 no Brasil.

Nove países já apresentaram transmissão do H1N1 em seus territórios, mas apenas três de forma sustentada: EUA, México e Canadá.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença já contaminou mais de 7.500 pessoas em 34 países, e 65 pessoas morreram, principalmente no México. EUA, Canadá e Costa Rica são os outros países com mortes confirmadas pela doença.

A diretora-geral da OMS, Margaret Chan, alertou nesta sexta-feira contra a falsa sensação de segurança por causa do surto aparentemente brando da gripe, já que o pior pode ainda não ter passado.

(Por Pedro Fonseca)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG