O número de casos de dengue aumentou em 17 Estados brasileiros entre janeiro e abril deste ano em relação ao mesmo período de 2007. As regiões Norte, Nordeste e Sudeste foram as mais atingidas, segundo boletim divulgado ontem pelo Ministério da Saúde.


Já as mortes por dengue hemorrágica registradas no início deste ano (77) superam todos os 76 óbitos que ocorreram nos 12 meses de 2006. Há ainda outras 53 mortes de pacientes que tiveram complicações decorrentes da dengue.

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, reconheceu ontem, em Maceió, que o governo federal errou no combate à doença, mas que está procurando corrigir, cobrando dos governadores e dos prefeitos ações mais efetivas no enfrentamento da doença. "Houve erro. O governo errou, é preciso que reconheça o erro, faça autocrítica e procure acertar", disse. Segundo Temporão, "se cada um não fizer a sua parte, teremos em 2009 uma epidemia maior do que a registrada este ano em alguns Estados".

Apesar do aumento nas três regiões, o número total de casos no País caiu dos 258.795 de janeiro a abril do ano passado para 230,8 mil este ano, uma redução de 10,8%. No entanto, das quase 231 mil ocorrências atuais, 54,18 mil foram no Nordeste, que no ano passado inteiro registrou 41 mil casos (veja quadro ao lado). "Os números mostram o avanço da doença em todos os Estados nordestinos, principalmente na Bahia, Rio Grande do Norte e no Ceará", afirmou o ministro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

Leia também:

Leia mais sobre: dengue

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.