Caso Isabella: laudo vai definir pedido de prisão preventiva

O relatório do inquérito da morte de Isabella Nardoni, de 5 anos, está praticamente concluído. A polícia espera apenas o resultado oficial dos laudos para encaminhar tudo à Justiça e pedir a prisão preventiva de Alexandre Nardoni, 29 anos, e Anna Carolina Jatobá, 24.

Agência Estado |

Policiais garantem que as investigações devem chegar ao final, no máximo, na quarta-feira da semana que vem.

Marco Polo Levorin, um dos advogados do casal, afirmou que é prematuro falar sobre a conclusão do inquérito. Se não há prova pericial, entra-se no campo da especulação, disse.

Outro dos advogados da família, Rogério Neres de Souza, esteve ontem no 9º DP. Vim pegar roupas que Anna Carolina deixou no 89º DP, quando estava presa, afirmou. Sobre os depoimentos de seus clientes divulgados ontem nos jornais, Souza disse não haver divergências. O que há são concordâncias. Se há alguma divergência, isso será analisado no momento oportuno. O advogado voltou a afirmar que Anna Carolina e Alexandre não brigaram antes da queda de Isabella, como foi descrito por uma testemunha.

O advogado afirmou que o casal continua confiante que o verdadeiro culpado pela morte de Isabella será encontrado. E afirmou que a polícia deve levar em conta a lista de 22 testemunhas entregue por ele e seus colegas, que defendem o casal, para encontrar esse culpado. As informações são do "Jornal da Tarde".

    Leia tudo sobre: isabella

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG