Caso BNDES: Paulinho chega à sede da PF para depor

O deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho, chegou no começo da tarde à sede da Superintendência da Polícia Federal (PF), em Brasília, para prestar depoimento no inquérito que investiga denúncias de desvio de dinheiro do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Já chegou também à Superintendência o delegado federal Rodrigo Levin, que tomará o depoimento do parlamentar.

Agência Estado |

Ao chegar, Paulo Pereira da Silva limitou-se a afirmar jornalistas que não tem envolvimento com as irregularidades.

O delegado disse que, embora tenham sido levantados dados contra Paulinho, não o indiciará hoje porque o deputado tem direito a foro especial. Levin informou que encaminhará um relatório ao Supremo Tribunal Federal (STF), a quem compete decidir se indicia o parlamentar, apontando o envolvimento do deputado nas irregularidades relatadas na operação Santa Tereza, realizada em junho pela PF.

Na investigação, a PF descobriu um esquema de desvio de recursos do BNDES para cerca de duzentas prefeituras. Na seqüência dos trabalhos, comandados por Levin, foi constatado, também, que em alguns casos o dinheiro desviado se destinava a obras incluídas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG