Casey Johnson estava vivendo em casa sem água e luz

Casey Johnson estava vivendo em casa sem água e luz Por Ricardo Bairos (6.jan) Começam a surgir mais detalhes sobre os últimos dias de vida de Casey Johnson.

Agência Estado |

A herdeira da fortuna da Johnson & Johnson, que foi encontrada morta em Los Angeles na segunda-feira, havia cortado relações com a família e estava vivendo "em caos e cercada de aproveitadores", de acordo com diversas fontes que falaram com a imprensa americana. A casa alugada onde ela estava morando não tinha luz nem água, já que ela não pagou as contas por vários meses, enquanto o jardim estava cheio de mato e a piscina parecia "um pântano". A família da socialite tinha cortado a mesada meses atrás, quando ela interrompeu uma temporada em uma clínica de rehab. A mãe, Sale Johnson, estava cuidando da filha adotiva de Casey, de três anos. Entre os escândalos que vieram à tona nos últimos tempos estavam acusações de roubar a casa de uma ex-namorada, três internações por coma diabético e pelo menos uma tentativa de suicídio. A causa da morte ainda não foi divulgada, mas uma série de medicamentos foi encontrada na casa da herdeira. (Planet Pop)

JASON ALEXANDER VAI VIRAR GAROTO-PROPAGANDA DE MARCA DE DIETA

(6.jan) Na falta de emplacar trabalhos de sucesso, Jason Alexander resolveu refrescar a conta bancária virando garoto-propaganda de uma marca de dietas. O eterno George Constanza, de "Seinfeld", promete perder entre 15 e 20 quilos, como parte de uma campanha da Jenny Craig, a mesma empresa que já contratou Kirstie Alley e Valerie Bertinelli para regimes similares. O ator disse à revista "People" que resolveu encarar o trabalho pela "simples combinação de que estou gordo e o programa deles funciona". Para Alley o regime da Jenny Craig funcionou por pouco tempo: depois de perder cerca de 40 quilos, ela voltou a ganhar o peso. Alexander brinca que a única coisa que não vai fazer é "posar de biquíni na 'People'", a exemplo de outras celebridades que perderam peso recentemente. (Planet Pop)

DENNIS RODMAN, HEIDI FLEISS E MACKENZIE PHILLIPS VÃO PARA O "CELEBRITY REHAB"

(6.jan) Uma nova leva de celebridades de ontem vai tentar deixar o vício em frente às câmeras. Começa esta semana na TV americana a terceira temporada de "Celebrity Rehab With Dr. Drew". Desta vez o elenco inclui Mackenzie Phillips (filha de John Phillips, do Mamas & Papas, e atriz de filmes como "American Grafitti"), a "Madame Hollywood" Heidi Fleiss, o ator Tom Sizemore (de "O Resgate do Soldado Ryan") e Dennis Rodman (o polêmico jogador de basquete dos anos 90, que ficou conhecido por namorar Madonna). A temporada do programa, exibido pelo VH1, acompanha 21 dias em que os famosos têm que se desintoxicar. (Planet Pop)

DIRETOR DE "SUPER SIZE ME" FAZ DOCUMENTÁRIO SOBRE "OS SIMPSONS"

(6.jan) "Os Simpsons" vai comemorar 20 anos no ar esta semana com um especial de TV dirigido por Morgan Spurlock (de "Super Size Me"). "The Simpsons 20th Anniversary Special in 3-D on Ice" vai "examinar o fenômeno cultural" que o programa se tornou, por meio de entrevistas com o elenco, produtores e fãs do seriado que já teve 450 episódios produzidos. O diretor passou um ano viajando por diversos países, cobrindo as comemorações de 20 anos dos "Simpsons". O documentário vai ser exibido no domingo, logo após o episódio inédito"Once Upon a Time in Springfield". (Planet Pop)

JENNIFER LOPEZ QUERIA TER GANHADO O OSCAR POR "EL CANTANTE"

(6.jan) Jennifer Lopez acha que deveria ter um Oscar. A cantora e atriz disse, em entrevista à revista "Latina", que achou que tinha chances de levar a estatueta por seu trabalho em "El Cantante". "Eu tive meus gêmeos no dia 22 e o Oscar era um ou dois dias depois", disse. "Eu não podia estar mais feliz com a chegada dos bebês, mas pensei que seria incrível se eu ganhasse o Oscar e pudesse aceitar o prêmio da cama do hospital!" Lopez também disse que acha que o filme não rendeu prêmios porque os membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood "nem assistiram o filme". "Eles tinham a obrigação de ver tudo o que tem o potencial de ser bom, é um pouco frustrante", disse. (Planet Pop)

CNN TERIA ACHADO QUE KATHY GRIFFIN "FOI LONGE DEMAIS" NA COBERTURA DO ANO NOVO

(6.jan) Kathy Griffin teria ido longe demais com seus comentários na cobertura ao vivo de ano novo na rede americana CNN. A comediante, que pelo segundo ano consecutivo fez a cobertura da queda da bola no Times Square de Nova York, soltou um palavrão e fez vários comentários picantes ao lado do apresentador Anderson Cooper. Ela já havia causado polêmica no ano anterior, mas, segundo rumores na imprensa americana, desta vez a cúpula da CNN resolveu que não vai mais contratá-la para o trabalho. Até Cooper, que parecia gostar de virar alvo das piadas da humorista, estaria achando que é hora de mudar de estratégia. Griffin não se pronunciou sobre o assunto. Um clipe em que ela fala um palavrão no ar já teve mais de um milhão de exibições no YouTube. (Planet Pop)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG