Casamentos crescem mais de 30% em nove anos no Brasil, aponta IBGE

BRASÍLIA ¿ Em nove anos, o Brasil se tornou um País mais romântico, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta sexta-feira. De 1997 a 2008, aumentou em 31,1% o número de casamentos no País.

Redação |

O crescimento mais expressivo foi observado nos Estados da região Norte. Amapá aumentou em 118,3% o número de casamentos; Acre, em 110,7% e, Amazonas, 99,4%.

Minas Gerais e Rio de Janeiro tiveram um crescimento de 11,6% e 12,2%, respectivamente. O único Estado que teve redução no número de casamento foi o Rio Grande do Sul, com queda de 3,4%.

Assim como os casamentos, o IBGE mostra que também aumentou o número de pessoas que se casaram novamente. Elas já representam 16,1% do total de uniões nos cartórios. Em 1998, eram apenas 10,1%.

Em 2007, a média de idade dos noivos foi de 29 anos para os homens e de 26 anos para as mulheres. A  Bahia foi considerado o Estado em que as pessoas se casam mais velhas: 34 anos para os homens e 31 anos, para as mulheres.

Filhos

Uma das mudanças nas famílias brasileiras apontada pela pesquisa é o crescimento dos casais sem filhos e onde ambos têm rendimento. No Brasil, o número de casais é estimado em 39,6 milhões. Aqueles que não têm filhos somam 2,1 milhões. De 1998 para 2008, a proporção passou de 3,2% para 5,3%. No Sudeste, o número é maior que a média nacional, 6,2%.

Famílias menores

As famílias estão ficando cada vez menores, conforme o IBGE. Em dez anos, caiu a proporção de domicílios onde convivem mais de uma família. Em 1998, era 7% e, em 2008, passou para 5,1%.

O tamanho médio das famílias brasileiras é de 2,6 pessoas, sendo que em dez anos o índice daqueles que vivem sozinhos passou de 8,4% para 11,6%. Nas regiões metropolitanas de Porto Alegre e Rio de Janeiro os percentuais são bem maiores que a média nacional, com 16,% e 14,9%, respectivamente.

Leia mais sobre: IBGE

Leia também

    Leia tudo sobre: casamentoibgepnad

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG