Casal Hernandes pode voltar ao Brasil em junho

Estevam e Sonia Hernandes, fundadores e líderes da Igreja Cristã Apostólica Renascer em Cristo, podem voltar ao Brasil a partir de junho, quando terminam de cumprir o período de liberdade condicional nos Estados Unidos. A informação é do advogado do casal, Luiz Flávio Borges D’Urso, também presidente da seccional de São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) Condenados por conspiração e contrabando, em agosto de 2007, eles já passaram 140 dias em uma cadeia americana e cinco meses em prisão domiciliar, além de pagar multa de U$ 30 mil cada um.

Agência Estado |

O Ministério Público de São Paulo chegou a pedir a extradição do casal para o Brasil, onde responde por crimes como lavagem de dinheiro, mas o pedido foi suspenso por uma liminar do Supremo Tribunal Federal (STF), em outubro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG