Casal Hernandes da Renascer antecipa volta ao Brasil

SÃO PAULO - O casal Estevam e Sonia Hernandes, fundadores da Igreja Apostólica Renascer em Cristo, conseguiram autorização da Justiça americana para antecipar a volta ao Brasil. Na manhã deste sábado, os dois visitaram Felippe Daniel Hernandez, um de seus três filhos, que está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Redação com Agência Estado |

O casal chegou ao Brasil na manhã deste sábado, em um voo que saiu de Miami com destino ao Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Segundo a assessoria de imprensa dos Hernandes, eles obtiveram autorização da Justiça Norte-Americana para voltar ao País 15 dias antes da data em que seriam liberados, no dia 16 de agosto, em razão do problema de saúde do filho.

De acordo com o boletim médico do hospital, Felippe está sendo submetido a um tratamento devido a complicações gastrointestinais e neurológicas de origem metabólica.

Ainda hoje, a Igreja Renascer vai realizar um evento no Ginásio do Ibirapuera, mas não há confirmação sobre a presença do casal no local.

Em agosto de 2007, Estevam e Sonia Hernandes foram condenados pela Justiça norte-americana a dois anos e seis meses de prisão, alternados com liberdade condicional, após tentarem entrar no país com US$ 56.467 não declarados e escondidos no fundo falso de uma bíblia, em janeiro do mesmo ano.

Leia também

Leia mais sobre: casal Hernandes

    Leia tudo sobre: bispocasal hernandesigreja renascerjustiça

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG