Casal é internado com suspeita de gripe suína em Minas Gerais

BELO HORIZONTE - Um casal que voltava da lua de mel em Cancún, no México, foi internado na manhã desta segunda-feira no Hospital das Clínicas de Belo Horizonte com suspeita de ter contraído gripe suína. A informação é da Secretaria da Saúde do Estado.

Agência Estado |

O casal, que mora em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte, desembarcou por volta das 4 horas no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins. Os dois passam por exames após sentirem os sintomas da doença. 

De acordo com as informações, a equipe da Fundação Ezequiel Dias (Funed) irá atuar nos próximos dias, juntamente com o Hospital das Clínicas de Belo Horizonte, na realização de exames para investigação dos casos.

Os pacientes irão permanecer em observação no HC, considerado referência neste tipo de atendimento e o único hospital do Estado que possui leitos com isolamento respiratório. Ainda não há previsão de quando os resultados dos exames serão divulgados.

Nesta segunda, o Gabinete Permanente de Emergência, que reúne técnicos dos ministérios da Saúde e da Agricultura e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), está reunido no Ministério da Saúde para avaliar os riscos no Brasil do surto de gripe suína detectado no México. O gabinete foi instituído no último sábado "para monitorar a situação da gripe suína e indicar medidas adequadas." O grupo, segundo nota divulgada na noite deste domingo pelo Ministério da Saúde, se reunirá diariamente para avaliação.

De acordo com a nota do Ministério, até o momento não há evidências da circulação do vírus da influenza suína em humanos no Brasil. Dois casos verificados em São Paulo, estão sendo investigados para identificar a causa do quadro clínico, mas, segundo a nota, "não atendem à definição de caso suspeito de influenza suína por não apresentarem sinais e sintomas compatíveis com a doença".

O Ministério acrescenta que foi instituído nos aeroportos brasileiros o monitoramento dos viajantes procedentes das áreas afetadas. "Todas as providências estão sendo adotadas para que as tripulações das aeronaves orientem os passageiros, ainda durante o voo, sobre sinais e sintomas da influenza suína. Passageiros com os sintomas deverão se identificar à tripulação e receberão orientações da Anvisa no aeroporto de desembarque".

Aeroportos fazem prevenção de voos vindos do México


Leia também:

Entenda a gripe suína:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG