Casal e cinco testemunhas participarão da reconstituição

A polícia confirmou hoje a participação de sete pessoas na reconstituição da morte da menina Isabella Nardoni, que ocorrerá no domingo. Foram convocados os dois indiciados pelo homicídio da menina, Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, pai e madrasta de Isabella.

Agência Estado |

O procedimento é a última fase do inquérito policial. Participam ainda cinco testemunhas que prestaram depoimento no 9º Distrito Policial e descreveram momentos da entrada e da estada do casal no prédio. Estas testemunhas são moradores do Residencial London, onde Isabella foi asfixiada e posteriormente atirada do 6º andar, no dia 29.

Por meio da assessoria de imprensa de Secretaria de Segurança Pública (SSP), a delegada assistente, Renata Helena Pontes, disse que a reconstituição terá como foco as ações que aconteceram na noite da morte da menina. Segundo ela, serão confrontados e reproduzidos, pelos convocados, os relatos do casal Nardoni e das testemunhas com a ajuda de informações do inquérito policial.

Ainda hoje, juiz Maurício Fossen, do 2º Tribunal do Júri, autorizou o fechamento do espaço aéreo num raio de 3 quilômetros em torno do edifício London, na zona norte de São Paulo, para que a polícia realize no domingo a reconstituição da morte. A restrição, segundo o despacho do juiz, está autorizada para o período das 8h às 22 horas e foi concedida para não prejudicar o áudio na reconstituição.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG