Casal de indígenas é ferido a tiros em Grajaú-MA

Um casal de indígenas foi ferido a tiros hoje, quando caminhava na Rodovia MA-006, em Grajaú (MA). Os disparos contra os guajajaras Itamar Carlos, de 35 anos, e Deolice Rodrigues, de 30, foram disparados por dois homens, que estavam numa motocicleta, informou hoje o vereador e líder indígena José Arão Marize Lopes (PTN), mais conhecido como Zé Arão .

Agência Estado |

Carlos e Deolice seguiam rumo à Aldeia Bacurizinho, quando dois homens, encapuzados, ordenaram que parassem. A dupla, de moto, disparou contra eles. Carlos teve um pulmão perfurado e foi atendido no Hospital Santa Neusa. O guajajara não corre risco de morte, informou Zé Arão . Deolice, atingida de raspão na coxa, foi atendida e liberada. O vereador e líder indígena informou que levou o casal ao hospital e se dirigia à delegacia de polícia (DP) para registrar boletim de ocorrência.

A terra indígena Bacurizinho, homologada em 1984, tem cerca de 83 mil hectares (830 milhões de metros quadrados). Mas, na Fundação Nacional do Índio (Funai), há um processo de revisão de limite, pedindo que a área volte a ter os 144 mil hectares (1,44 bilhão de m²) previstos, originalmente. Zé Arão relaciona a violência contra os índios a "interesses econômicos contrariados e à certeza da impunidade".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG