Casal brasileiro acusado de homicídio chega dos EUA

Chegou hoje ao Rio de Janeiro, vindo dos Estados Unidos, o casal de brasileiros acusado de matar em janeiro de 2003, em Minas Gerais, o amante da esposa. Eles foram denunciados pelo Ministério Público (MP) em 17 de novembro de 2008 por homicídio qualificado e ocultação de cadáver, com pena máxima de 33 anos de reclusão.

Agência Estado |

Eles foram localizados por meio da Interpol (a polícia internacional). O casal desembarcou escoltado por policiais norte-americanos.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual, o casal, de Teófilo Otoni, possuía em seu sítio uma floricultura e, por causa do trabalho, o marido viajava constantemente. A esposa iniciou relacionamento amoroso com outro homem, e o romance tornou-se público.

Para se livrar do amante, no dia 6 de janeiro a vítima foi atraída para a casa do casal. Ele acabou assassinado com seis tiros nas costas. O amante foi enterrado em uma cova rasa dentro da propriedade. O casal, então, fugiu para os Estados Unidos após vender o imóvel. Em janeiro deste ano, surgiram os primeiros indícios de que os dois estariam na cidade de Newark, em Nova Jersey, e já em março os dois foram detidos pela polícia norte-americana.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG