Casa das Retortas em São Paulo abrigará museu

A Casa das Retortas, construída em 1889 em frente ao Parque D. Pedro II, no Brás, zona leste da capital paulista, vai abrigar um novo espaço cultural, o Museu de História do Estado de São Paulo.

Agência Estado |

“Já era a hora de termos um museu que contasse a história do nosso Estado, hoje disponível aos pouquinhos, encontrada nos diversos outros equipamentos culturais da cidade”, diz o secretário adjunto da Cultura, Ronaldo Bianchi.

Durante quase um século, as caldeiras da Casa das Retortas produziram 200 mil m³ de gás todos os dias, principal combustível de São Paulo, no início da industrialização da cidade. As retortas eram recipientes onde era depositado o carvão mineral, em galpões de 40 metros de altura. As obras de adaptação do espaço - declarado de utilidade pública ontem, em decreto do governador José Serra (PSDB) publicado no Diário Oficial -, foram orçadas em R$ 52 milhões e devem começar em abril.

A previsão da Secretaria Estadual da Cultura é que o museu seja inaugurado em março de 2010. O projeto de restauro da Casa das Retortas, tombada pelo Estado e município, está sob análise dos órgãos do patrimônio. Após deixar de ser utilizada para extração de gás, no final da década de 1970, a Casa das Retortas foi sede de órgãos da Secretaria Municipal da Cultura até ser desocupada, em 2000, e se tornar alvo de invasões e pichações. As informações são do Jornal da Tarde .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG