Casa Civil nega exames de Dilma em São Paulo

SÃO PAULO (Reuters) - A Casa Civil da Presidência da República negou que a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, tenha realizado exames nesta quarta-feira no Hospital Sírio-Libanês. Segundo a assessoria da ministra, ela passou o dia em reuniões de trabalho em Brasília, sem se ausentar da capital.

Reuters |

Mais cedo, a Agência Brasil, órgão do governo federal, afirmou que a ministra fez exames ambulatoriais "finais", citando nota do hospital.

Consultada pela Reuters, a assessoria do hospital Sírio Libanês não confirmou nem desmentiu a presença da ministra, alegando que não se manifesta sobre exames, apenas sobre internações.

Duas horas e meia depois da veiculação da notícia, a Agência Brasil retirou a nota do ar e informou que se tratava de um engano. "Na verdade, a informação refere-se ao boletim médico emitido no último dia 25 de abril. A ministra Dilma Rousseff não esteve em São Paulo hoje para realizar exames", informou a agência em nota sob o título "A Agência errou".

No sábado, Dilma anunciou que realiza tratamento para combater um câncer linfático.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG