Carro roubado em fuga deixa uma pessoa morta em SP

Um veículo roubado em fuga deixou um saldo de uma pessoa morta e seis feridas no final da noite desta sexta-feira, 12, na Avenida Dona Belmira Marin, região do Grajaú, na zona sul de São Paulo. Um homem, acusado do crime, trocou tiros com a polícia e acabou baleado na perna.

Agência Estado |

Segundo a PM, o carro - um Golf vermelho roubado pouco antes na altura do número 2.500 da própria Avenida Dona Belmira Marin -, era ocupado por três criminosos. O veículo se deslocava pelo sentido Centro da via, por volta das 22 horas, e na altura do número 860 atropelou o jovem Bruno Rubeinstein Saloes, de 16 anos, que estava em uma mobilete. Ele chegou a ser levado ao Hospital Geral do Grajaú, mas não resistiu aos ferimentos e morreu em seguida.

Saloes ficou caído na via e a mobilete ficou presa junto ao para-brisa do carro. Em seguida, ainda com a mobilete em cima do capô, o Golf invadiu a contramão da via bateu em pelo menos dois carros. Seis pessoas, que ocupavam os veículos, ficaram levemente feridas e foram atendidas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Depois das batidas, a mobilete caiu de cima do carro que, mesmo danificado, ainda seguiu por alguns metros, até se deparar com uma viatura do 27º Batalhão da PM, que estava em patrulhamento. No local, cerca de 500 metros distante de onde o jovem na mobilete foi atropelado, os criminosos resolveram abandonar o veículo, em frente ao Terminal do Grajaú, e tentar uma fuga a pé.

Segundo a PM, um deles, identificado como Silas Fernandes Soares, atirou contra os policiais, que revidaram e o atingiram na perna. Ele foi detido e levado ao Hospital Geral do Grajaú. Os outros dois bandidos roubaram um táxi nas imediações e conseguiram fugir. O caso será registrado no 101º Distrito Policial (Jardim das Embuias).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG