Carreira de Johnny Depp passa por momento de indefinição

LOS ANGELES ¿ Johnny Depp foi visto recentemente num papel aclamado em Inimigos Públicos e está em um dos filmes mais aguardados na Comic-Con no fim de semana, Alice no País das Maravilhas. O ator tem seu nome ligado a vários filmes importantes ainda em desenvolvimento, mas nada deve entrar logo em produção. O que há, em lugar disso, é uma quantidade estonteante de possibilidades e permutas.

Redação com Reuters |

Getty Images

Johnny Depp na pre-estreia de
"Inimigos Públicos" em Londres

Os produtores de "The Incredible Mr. Limpet", da Warner Bros, estão interessados em Depp para o papel-título. O remake a ser dirigido por Kevin Lima da comédia fantástica de 1964 seria mais um papel divertido e bizarro, mas não tão dramático, na carreira do ator. Ele ainda não assinou contrato para o filme, que, de qualquer maneira, só entrará em produção em 2010.

Enquanto isso, o quarto filme da série "Piratas do Caribe" continua a ser prioridade para a Disney para e o produtor Jerry Bruckheimer. Há até pouco tempo, seria o próximo filme de Depp no papel do capitão Jack Sparrow. Mas como Gore Verbinski não vai mais dirigir a franquia, o navio vai demorar um pouco mais para deixar o porto.

A Disney está procurando um novo diretor, um processo que pode levar tempo. É possível que haja um hiato de até quatro ou cinco anos entre o último "Piratas do Caribe" e o próximo da franquia.

Em função da demora em produzir o próximo "Piratas", um projeto de Depp que estava previsto para entrar em produção depois dele, "The Lone Ranger", pode acabar sendo adiado ainda mais, embora também seja possível que seja rodado antes da história de piratas.

Por enquanto, porém, "Ranger" ainda está parado. Os roteiristas de "Piratas", Ted Elliott e Terry Rossio, redigiram um roteiro para o novo filme Disney/Bruckheimer, mas o estúdio pode acabar encomendando outro roteiro ou uma versão nova do que já existe. O filme ainda não tem diretor nem ator escolhido para o papel-título. O papel de Depp seria o de Tonto.

Finalmente, o filme que a Warner pretende fazer a partir do seriado de TV "Dark Shadows" ¿ uma colaboração entre Johnny Depp e Tim Burton que poderia ser rodada ainda este ano ou no início do próximo ¿ também deve ser adiado. Burton ainda tem muito trabalho a fazer em "Alice no País das Maravilhas", que estreia em março.

Tudo isso significa que há projetos com muito potencial pelos quais Depp ainda não assinou contrato, e projetos com os quais ele já se comprometeu que não estão com muito ímpeto.

Em outras palavras, é um fenômeno muito típico de 2009, provocado, por um lado, pelo fato de o ator escolher seus papéis com cada vez mais cuidado, e, por outro, pela cautela crescente dos estúdios. Pode ser uma minitendência nova, já que Will Smith e Leonardo DiCaprio se encontram em situações semelhantes.

O resultado é que Depp pode passar um ano ou mais sem ser visto nos cinemas. Pode não soar como algo tão importante, mas, para o público, será uma mudança. Johnny Depp vem passando por um dos períodos mais férteis de sua carreira. O ator também protagoniza "The Rum Diary", adaptação de um livro de Hunter S. Thompson, e fez um papel coadjuvante em "The Imaginarium of Dr. Parnassus", de Terry Gilliam, que ainda não chegou aos cinemas americanos.

(Reportagem de Steven Zeitchik e Borys Kit)

Leia mais sobre: Johnny Depp

    Leia tudo sobre: johnny depp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG