Carnaval de SP pode ter 4 noites de desfiles em 2009

O racha na Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo culminou, anteontem à noite, com a criação de uma nova entidade: a Super Liga - assim chamada por seus fundadores devido aos títulos dos integrantes. O grupo dissidente já decidiu: quer quatro dias de desfiles das escolas do Grupo Especial no carnaval do ano que vem.

Agência Estado |

Já a Liga espera chegar a um acordo.

Na assembléia de anteontem, Edimar Thobias, presidente da Vai-Vai, campeã do carnaval deste ano, foi escolhido para também presidir a Super Liga. Já Paulo Serdan, presidente da Mancha Verde, assumirá o cargo de tesoureiro. Dez escolas, ao todo, formam a nova entidade. A Liga Independente possui 12 escolas de samba e dois afoxés.

A escolha de Sidnei Carriuolo, presidente da Águia de Ouro, para comandar a Liga foi o principal motivo da separação. Para Thobias e Serdan, a eleição foi fraudulenta e antidemocrática. Para Carriuolo, a decisão não é definitiva e ainda há espaço para negociação. “As coisas não são tão simples, temos contratos. O bom senso deve prevalecer”, declarou. A Super Liga, por sua vez, já desenvolveu um estatuto próprio e planeja sorteio da ordem dos desfiles para 12 de maio.

A Super Liga decidiu que vai realizar seus desfiles no domingo e na segunda-feira de carnaval, cada dia com cinco escolas. A organização diz que vai negociar contrato de transmissão com a TV Record. A Liga Independente ficará com a sexta-feira e o sábado e deve permanecer com transmissão da Globo. As informações são do Jornal da Tarde

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG