Carnaval 2010: X-9 mostra herança cultural portuguesa

A X-9 Paulistana, quarta escola a entrar no sambódromo do Anhembi e que comemora este ano 35 anos de idade, mostra hoje na avenida o encontro da cultura lusitana com a brasileira na época das grandes navegações e do descobrimento do Brasil, no enredo Do Além-mar, a Herança Lusitana Nos Une..

Agência Estado |

. Ora, pois! A X-9 é Portuguesa com Certeza". Para homenagear essa fusão, a escola do bairro Parada Inglesa, da zona norte de São Paulo, leva o cantor português Roberto Leal como um dos seus destaques. Ele entra no segundo carro alegórico e lembra os trovadores e poetas lusitanos. Outra personalidade é a ex-chacrete Rita Cadillac, destaque no terceiro carro.

O diretor de carnaval, Ricardo Alves de Azevedo, conta que a quinta e última alegoria lembra os 35 anos da X-9. "A escola foi fundada por portugueses e descendentes, e essa foi uma forma de homenagear os nossos fundadores", afirma. O carro abre-alas representa as grandes navegações, com monstros e uma menção ao paraíso. Azevedo explica que antes de se lançarem aos mares, os portugueses acreditavam que encontrariam uma série de criaturas estranhas pelo caminho e quando chegaram ao Brasil, encontraram o paraíso.

A terceira alegoria lembra a chegada da família real em terras brasileiras. A quarta remete à religiosidade, com uma imagem estilizada de Nossa Senhora de Fátima, santa de grande devoção entre portugueses e brasileiros. As alas vão representar romarias e festas religiosas típicas dos lusitanos. Uma delas também faz uma homenagem ao time de futebol Associação Portuguesa de Desportos. A X-9, com 3.500 componentes em 25 alas, tenta este ano repetir os desempenhos de 1997 e 2000, quando foi campeã, e levar o terceiro título do grupo especial para a comunidade da zona norte.

Segue a letra do samba-enredo da X-9:

Veio d'além-mar...
E ancorou em nossa terra
Paraíso de belezas naturais
Jardim das Delícias de tantas riquezas
E o índio ele encontrou
E difundiu novas culturas
A miscigenação então surgiu
Salve a Pátria mãe gentil
Poetas, escritores, trovadores eternizaram
Um lindo idioma que jamais se viu
A língua mater do nosso Brasil

Vem pra cá cantar, sambar
Vem no balancê da nossa musicalidade
No futebol, a mesma paixão
Num só coração

A fé, a devoção em procissão... Ave-Maria
A religião traz emoção... nas romarias
Vem dessa crença a proteção
Pra nossa escola sambar feliz
Um centenário de história
Heranças deixadas em nosso País
Hoje faço a festa com a minha bateria
Meus 35 anos de alegria!

Ora, pois, quem vem aí
É a X-9 com certeza!
Valente, guerreira, luso-brasileira
Canta a herança portuguesa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG