A Unidos de Vila Isabel é a penúltima escola a entrar na Marquês de Sapucaí. A agremiação faz uma homenagem ao sambista e compositor Noel Rosa, que completaria 100 anos em dezembro.

"Noel paira sobre a Vila", diz o presidente do grupo, Wilson Vieira Alves, para explicar a escolha do enredo "Noel: a presença do poeta na Vila". A azul e branco busca seu terceiro título de campeã do Grupo Especial do carnaval carioca.

A escola conta o legado musical e a curta vida do artista - ele morreu aos 26 anos - em 31 alas, formadas por 3,5 mil componentes com oito carros alegóricos. Cada setor representa uma fase da vida de Noel, em ordem cronológica. Destaques para sua descoberta como sambista, a influência do morro e da boemia e para as participações no teatro de revista, rádio e cinema. A apresentação não tem nada de tristeza: "Não vamos tratar da morte, o desfile terá o clima de sua vida alegre, da boemia", afirma Alves.

A inovação este ano está por conta da bateria da Vila Isabel, que tem a estreia de mestre Átila no comando. A inspiração dos componentes é a dançarina e rainha de bateria Gracyanne Barbosa. O enredo é de autoria do sambista e presidente de honra, Martinho da Vila, e é interpretado por Tinga.

Confira a letra da homenagem da Vila ao compositor:

Noel: a presença do poeta da Vila
Se um dia na orgia me chamassem
Com saudades perguntassem
Por onde anda Noel?
Com toda a minha fé responderia
Vaga na noite e no dia
Vive na terra e no céu
Seus sambas muito curti
Com a cabeça ao léu
Sua presença senti
No ar de Vila Isabel
Com o sedutor não bebi
Nem fui com ele a bordel
Mas sei que está presente
Com a gente neste laurel

Veio ao planeta com os auspícios de um cometa
Naquele ano da Revolta da Chibata
A sua vida foi de notas musicais
Seus lindos sambas animavam carnavais
Brincava em blocos com boêmios e mulatas
Subia morros sem preconceitos sociais

Foi um grande chororô
Quando o gênio descansou
Todo o samba lamentou Ô ô ô...
Que enorme dissabor
Foi-se o nosso professor
A Lindaura soluçou
E a Dama do Cabaré não dançou
Fez a passagem pro espaço sideral
Mas está vivo neste nosso carnaval
Também presentes Cartola
Aracy e os Tangarás
Lamartine, Ismael, e outros mais
E a fantasia que se usa
Pra sambar com o menestrel

Tem a energia da nossa Vila Isabel
Tem a energia da nossa Vila Isabel

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.