Carnaval 2010: São Paulo espera 120 mil no Anhembi

O carnaval de São Paulo deve reunir 120 mil pessoas em cinco dias de desfiles: do Grupo Especial (12 e 13), do Grupo de Acesso (14), da União das Escolas de Samba Paulistanas (Uesp), no dia 15, e das Campeãs (19). Essa é a estimativa da São Paulo Turismo (SPTuris), empresa municipal de promoção turística e eventos, que administra o Polo Cultural e Esportivo Grande Otelo, conhecido como sambódromo do Anhembi.

Agência Estado |

No ano passado, os desfiles atraíram 30 mil turistas, o que rendeu uma arrecadação de R$ 45 milhões. Para este ano, a expectativa é de manter esse número e aumentar a arrecadação para R$ 51 milhões. O investimento da prefeitura para o carnaval 2010 foi de R$ 22,7 milhões, entre subsídio para quase 100 agremiações e blocos e infraestrutura da folia. "O carnaval de São Paulo cresce ano a ano. Mas a crise financeira no ano passado não chegou a afetar os investimentos para este ano. Cada escola teve em média R$ 2 milhões para investir", afirmou o vice-presidente administrativo e de planejamento da Liga, Marko Antonio da Silva.

Segundo Silva, o carnaval deste ano terá fantasias mais leves. "A tendência no carnaval de São Paulo é de fantasias mais leves, mais confortáveis, que deixem os passistas evoluírem melhor. Já os carros alegóricos tendem a ser cada vez maiores. Pois o carnaval é competição e cada escola quer mostrar o seu melhor", diz.

Ingressos

Pela primeira vez, os ingressos para os desfiles foram oferecidos pela internet, além de oito pontos credenciados na capital paulista e Grande São Paulo, e nas bilheterias do Anhembi. Foram vendidas 52.173 entradas até terça-feira, sendo 19.147 para o desfile de amanhã, 24.824 para sábado, 3.382 para o desfile das Campeãs e 4.820 para o Grupo de Acesso, no domingo.

De acordo com a empresa Ingresso Fácil, as vendas pelo site e pelo telefone já foram encerradas. O consumidor pode adquirir seu ingresso até o dia 12 de fevereiro nos postos de vendas.

Abertura

Seguindo a tradição, o Afoxé Iyá Ominibu vai abrir o desfile do Grupo Especial na sexta-feira, às 21h. A Imperador do Ipiranga será a primeira escola a desfilar. Em seguida será a vez da Leandro de Itaquera. Logo depois desfilam Acadêmicos do Tucuruvi, Mancha Verde, Unidos de Vila Maria e Rosas de Ouro. A última escola a entrar no sambódromo, já na madrugada de sábado, é a Vai-Vai. Cada escola tem um tempo mínimo de 55 minutos e máximo de 65 minutos para se apresentar.

Na noite de sábado, o Afoxé Coroa de Dadá, abre a programação, também às 21h. A Águia de Ouro inaugura os desfiles da noite. Em seguida entram Tom Maior, Mocidade Alegre, X-9 Paulistana e Gaviões da Fiel. Império de Casa Verde é a penúltima escola a desfilar. Pérola Negra encerra os desfiles na madrugada de domingo. A apuração acontece no dia 16 e a apresentação das campeãs será no dia 19.

Para os foliões que vão ao sambódromo, o acesso será feito pelos portões da Marginal do Tietê (setores A a E) e da Avenida Olavo Fontoura (setores F a J). A entrada será liberada a partir das 17 horas. O sambódromo tem um estacionamento para 6 mil veículos, ao preço de R$ 25 para carros e R$ 15 para motos, dentro do Parque Anhembi.

A organização recomenda o uso de transporte público. Os terminais Tietê e Barra Funda do Metrô são as estações mais próximas do sambódromo. Uma linha especial de ônibus vai sair das duas estações.

Infraestrutura

Será montado um Centro de Coordenação Integrada (CCOI), atrás do setor A, próximo aos portões 12, 13 e 14 (Marginal do Tietê), para atender ao público e à imprensa. No local, haverá um posto da Delegacia de Atendimento ao Turista (Deatur), das Polícias Militar e Civil, da Guarda Civil Metropolitana, da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e do Juizado da Vara da Criança e do Adolescente.

Três postos médicos serão instalados no sambódromo. Todos os setores contam com lanchonete. A entrada de alimentos é permitida, com exceção de frutas inteiras. Também é vetada a entrada com garrafas, latinhas de refrigerantes ou cerveja. Não será permitida a entrada com guarda-chuva.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG