Carnaval 2010: Madonna causa tumulto em desfile no Rio

A cantora Madonna levou ao desespero os integrantes da Imperatriz Leopoldinense responsáveis pela evolução da agremiação na avenida, ao descer do camarote do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), para ver a escola de perto. Acompanhada do namorado, Jesus Luz, e vários amigos, a cantora viu passar o carro abre-alas e tentou acompanhar a escola, estimulada pelo próprio Cabral.

Agência Estado |

Foi contida pelos seguranças da escola, preocupados com o tumulto. Cercada por fotógrafos e cinegrafistas, Madonna acabou voltando ao camarote menos de 15 minutos depois de descer até a avenida.

A rainha do pop chegou ao Sambódromo às 22h15 e subiu direto para o camarote do governo. Jesus Luz levava no colo a filha adotiva da namorada, Mercy James, que estava dormindo, mas logo despertou. Lourdes Maria, outra filha de Madonna, também foi assistir ao primeiro dia do desfile do Grupo Especial. Depois de passar quase duas horas no camarote de Cabral, Madonna, no intervalo entre a Imperatriz Leopoldinense e a Unidos da Tijuca, cercada por trinta seguranças, atravessou a pista e passou o resto da noite no camarote da Brahma.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG