Convidados no camarote do governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral (PMDB), aproveitaram o momento em que ele desceu à avenida para assistir ao desfile da Mangueira, escola pela qual torce e última agremiação a desfilar no Grupo Especial do carnaval carioca, para invadir a pista do sambódromo. Muitos pularam a cerca que dividia o camarote e a pista.

Outros simplesmente seguiram no rastro do governador, embora não tivessem autorização para permanecer na avenida. Cabral viu a passagem do carro abre-alas, cumprimentou várias pessoas que desfilavam, mas não percebeu o superaquecimento que quase provocou um incêndio na alegoria.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.