Bicampeã do carnaval paulista (2005-2006), a Império de Casa Verde vai destacar a grandiosidade da cidade de Itu na busca por mais um título do Grupo Especial de São Paulo. Com o enredo Itu, Fidelíssima Terra de Gigantes, a agremiação, penúltima escola a desfilar na segunda noite de carnaval, vai homenagear os 400 anos da histórica cidade.

"A escolha do enredo foi motivada pela importância histórica de Itu. A cidade foi no passado grande produtora de cana-de-açúcar e de café. Políticos do município tiveram importante participação na Independência e na (proclamação) República. Foi na cidade que a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea", lembrou o carnavalesco da escola Marco Aurélio Ruffinn.

Com 4.500 integrantes distribuídos em 25 alas, a escola da zona norte da capital vai retratar no sambódromo do Anhembi a riqueza histórica, econômica e política da cidade. "Eu fui investigar e me surpreendi com sua história", conta Ruffinn que, depois de uma passagem pela agremiação em 2000, está de volta à Casa Verde.

Caçula das escolas do Grupo Especial, fundada em 1994, a Império de Casa Verde vai levar para a avenida cinco carros alegóricos. O primeiro vai mostrar a importância científica de Itu. O segundo vai fazer menção à herança indígena. E o terceiro vai representar os fundamentos e ideais de liberdade dos políticos do município. O penúltimo carro alegórico se refere ao título de "Roma Brasileira", devido ao grande número de igrejas e da arquitetura sacra na cidade. E encerrando o desfile, o quinto carro vai falar da sustentabilidade ambiental e convidar o público a conhecer Itu.

A Império de Casa Verde tradicionalmente leva carros grandiosos para a avenida. No ano passado a escola surpreendeu com um carro em formato de tigre, o símbolo da agremiação, considerado o maior da história do carnaval paulista. "Mas neste ano a escola vai apostar em carros mais elaborados, com estrutura diferente", diz o carnavalesco.

"Este ano a escola está equilibrada, voltada para todos os quesitos. Nosso samba está maravilhoso. A bateria está bem encaixada. As fantasias são mais leves para que as pessoas possam sambar à vontade", sintetiza.

Entre os destaques da escola estão o cantor Belo, que vai puxar o samba-enredo junto com Carlos Junior, e Graccyane Barbosa, rainha de bateria, que desfila à frente do grupo de ritmistas comandado pelo Mestre Zoinho. Neste ano, um grupo de empresários de Itu patrocina a agremiação, que não revelou os custos do carnaval da escola.

Confira o samba-enredo da Casa Verde:

Seja bem-vindo vem conhecer
Meu tigre guerreiro na avenida
Conta pra você
Há tempos um manto tão belo se transformou
Pedras de raro valor
Somente a ciência explica o que não viu
A era do gelo no sudeste do Brasil
Nas margens de um rio quanta beleza
E os carijós salve a natureza
Senhor olhai outu-guaçu a boca do sertão
Abençoai os filhos desse chão
Na cana-de-açúcar
Fidelíssima cresceu
Do café a prosperidade
O berço da liberdade
Palco de riqueza cultural
A arte em primeiro lugar
Se tornando a Roma do nosso país
Toda louvação à Santa Sé
Devoção, respeito e muita fé
Hoje é de fato grande centro industrial
Que sustenta um lindo verde ideal: a preservação
São novos tempos, um futuro promissor
400 anos de história que esplendor
Vem meu amor, comemorar
Com meu império que não para de crescer
Gigante guerreira, itu orgulho da nação brasileira
Tu és e a minha inspiração, cidade do meu coração

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.