As duas vagas para a elite do carnaval paulistano em 2011 foram decididas por 0,25 ponto e pelos critérios de desempate. A Nenê de Vila Matilde foi a campeã do Grupo de Acesso deste ano, com 268,25 pontos e um samba-enredo que falava sobre a água.

"Voltamos para o lugar que nunca deveríamos ter deixado", afirma Alberto Alves da Silva Filho, o Betinho, presidente da Nenê.

Já a Unidos do Peruche foi a segunda colocada, com 268 pontos, e conquistou a vaga no Grupo Especial com sua comissão de frente - o primeiro critério de desempate. A escola, que levou para o sambódromo o enredo São Paulo, olhai por nós, teve a mesma pontuação da terceira colocada, a Dragões da Real.

"Ano que vem será o carnaval mais bonito. Foi um ano de ótima administração e todo mundo se envolveu para a escola retornar ao seu lugar", afirma Rodolpho Pricoli Filho, presidente da Peruche.

Dessa forma, as duas campeãs - que juntas somam 16 títulos - voltam ao grupo de elite. Isso também deve garantir mais verba para as agremiações - que este ano só contaram com R$ 280 mil da Prefeitura.

Pontuação

1. Nenê de Vila Matilde, 268,25
2. Unidos do Peruche, 268
3. Dragões da Real, 268
4. Camisa Verde e Branco, 267,25
5. Morro da Casa Verde, 266
6. Uirapuru da Mooca, 262,75
7. Barroca Zona Sul, 259,25

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.