O domingo no Rio começou com grande concentração de foliões na Praça XV, no Centro, e no Jardim Botânico, na zona sul, por onde desfilaram dois dos mais badalados blocos da nova geração do carnaval carioca, o Cordão do Boitatá e o Bangalafumenga. À tarde, o movimento foi grande em Ipanema, com o 25º desfile do tradicional Simpatia é Quase Amor, que este ano homenageou o centenário de nascimento do compositor Noel Rosa.

Pela manhã, milhares de pessoas já se aglomeravam na Praça XV para se divertir no Cordão do Boitatá, que começou com desfile pelas redondezas e terminou com um grande baile em palco montado no centro da praça. Os organizadores estimam que 60 mil pessoas acompanharam a festa.

Ao mesmo tempo, desfilava nas ruas adjacentes o Cordão do Boi Tolo, dissidência criada há alguns anos por foliões enganados pela mudança do desfile do Boitatá, que decidiu desfilar em horário diferente para tentar evitar aglomeração. No Jardim Botânico, o Bangalafumenga também levou uma multidão ao seu 12º desfile. No fim da tarde, foi a vez do Simpatia é Quase Amor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.