Carla Bruni-Sarkozy dará lições de estilo aos ingleses (1º de abril)

Carla Bruni-Sarkozy recrutada por Gordon Brown para dar lições de estilo aos britânicos, Nicolas Sarkozy empenhado em um tratamento revolucionário para ganhar 12 centímetros: a França foi tema de várias notícias de cunho duvidoso neste dia 1º de abril na imprensa britânica.

AFP |

O primeiro-ministro britânico, atraído pelo charme da esposa do presidente francês durante sua visita de Estado na semana passada, propôs que ela fosse morar em Londres por três meses, a partir de junho, explica o Times em um artigo assinado "Abril Venenoso". Carla Bruni-Sarkozy viajará para Paris de Eurostar para honrar seus compromissos oficiais, assegura o Times.

"Quero uma Grã-Bretanha, hoje e no futuro, onde o bom gosto e o requinte sejam um direito de todos e não o privilégio de uma elite, seja em matéria de moda, comida ou bebida, ou no domínio cultural", diria Brown anunciando a incrível notícia na quarta-feira diante do Instituto Cultural Francês de Londres, de acordo com o jornal.

A madame Bruni-Sarkozy pretende iniciar sua missão civilizadora no além-Mancha atacando dois pontos negros da cultura britânica, a maneira de se vestir e a cozinha, assegura o jornal.

A esposa de Nicolas Sarkozy deve se reunir principalmente com o famoso "chef" Jamie Oliver para incitar os britânicos a adotar um enfoque mais "continental" em sua gastronomia. Por exemplo, vai sugerir que as refeições das crianças, a partir dos sete ou oito anos, sejam acompanhadas com um pouco de... vinho tinto, brinca o Times.

A ex-top-model poderá também se reunir com o dono da Marks and Spencer para preparar uma versão "prêt-à-porter" do seu conjunto cinza Dior que tanto seduziu os britânicos na semana passada, acrescenta o diário.

Já o tablóide The Sun aproveita um outro aspecto do casal Sarkozy revelado pela imprensa britânica:ua diferença de altura.

O presidente francês se submeterá a um tratamento revolucionário em um laboratório suíço para ganhar mais de 12 cm em um ano, o que o permitirá atingir as medidas de mulher, brinca o jornal popular.

Com uma infografia de apoio, o Sun explica que o tratamento consiste principalmente em prender o presidente a uma cama "extensora", digna de um romance de Kafka, durante várias horas. Sarkozy receberá injeções de cálcio. As operações serão realizadas no Centro Médico Veneno de Abril de Genebra.

et/dm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG