BRASÍLIA - A Caravana da UNE: Saúde, Educação e Cultura chega nesta quinta-feira (27) à Universidade de Brasília (UnB), encerrando a viagem que começou no dia 12 de agosto. O objetivo da parceria da União Nacional dos Estudantes (UNE) com o Ministério da Saúde foi difundir e discutir em todos os Estados temas de saúde ligados à juventude, em uma linguagem acessível.

A caravana visitou mais de 30 universidades, tendo percorrido 27,5 mil quilômetros. Foram feitos 57 debates, com a participação de 165 mil pessoas em pelo menos uma atividade da caravana, 1.600 testes rápidos de HIV, com sete casos positivos (um na Bahia, no Mato Grosso do Sul, no Rio de Janeiro, no Maranhão e no Espírito Santo, e dois no Estado da Paraíba), e aplicadas 2 mil vacinas contra a rubéola.

Além disso, foram feitas mais de 400 doações de sangue e cerca de 800 pessoas se cadastraram para doação de medula óssea. Uma tenda do Ministério da Saúde acompanhou todos os passos da caravana, promovendo campanhas como doação de sangue, vacinação contra rubéola, teste rápido de HIV e cadastro para doação de medula.

Na manhã desta quinta-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva receberá os estudantes no Palácio do Planalto. Depois, na UnB, os ministros José Gomes Temporão (Saúde), Juca Ferreira (Cultura), Fernando Haddad (Educação) e Orlando Silva (Esporte) participam de debate sobre Saúde, Educação e Cultura para um Novo Brasil: Desenvolvimento e Políticas Públicas.

A presidente da UNE, Lúcia Stumpf, o secretário nacional de Juventude, Beto Cury, e o presidente do Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), Danilo Moreira, também também estarão presentes.

Leia mais sobre: Saúde , UNE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.