O cirurgião geral Paulo Athayde Salaverry Lopes foi baleado na nuca na noite de quarta-feira na porta de sua casa, em Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro, ao supostamente reagir a um assalto.

De acordo com a polícia, o médico chegava em casa com sua moto, retirada momentos antes da concessionária, quando foi abordado por dois assaltantes também de moto.

Ainda de capacete, Athayde teria entrado em luta corporal com um dos bandidos. O outro, portando uma pistola, disparou cinco vezes. Quatro tiros teriam atingido de raspão o capacete da vítima, mas um dos disparos feriu o médico na região posterior do pescoço.

A dupla fugiu levando a moto do médico, que foi encaminhado por familiares a um hospital na Gávea, de onde foi transferido para uma clínica. Paulo Athayde, de 54 anos, passou por cirurgia para retirada da bala e segue internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI). Não foi informado se o quadro clínico dele é grave. Segundo os médicos, segue estável.

Leia mais sobre assalto

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.