Cantora Amy Winehouse é presa por drogas

LONDRES (Reuters) - A cantora britânica Amy Winehouse foi presa, na quarta-feira, suspeita de delitos relacionados a drogas, disseram fontes policiais. Vencedora do Grammy, a cantora de soul foi libertada com uma advertência por agressão, há menos de duas semanas. Ela foi presa depois de se apresentar em uma delegacia de Londres.

Reuters |

'Às 13h de quarta-feira, uma mulher de 24 anos se apresentou na delegacia', disse um comunicado da polícia. 'Ela foi presa devido à suspeita de posse de drogas controladas.'

A polícia se recusou a dar mais detalhes.

Winehouse passou uma noite numa cela no mês passado, mas foi presa sem acusação formal, depois de confessar ter batido em um homem com as mãos.

Estima-se que Winehouse, cuja luta contra a dependência de drogas ofusca sua carreira musical, tenha uma fortuna de 20 milhões de dólares, segundo a mais recente lista de ricos do jornal Sunday Times.

Amy Winehouse não compareceu aos prêmios Grammy em Los Angeles, em fevereiro, mas, ainda assim, ganhou cinco estatuetas, incluindo disco e música do ano por 'Rehab' e melhor vocal em disco pop por seu disco de estréia, 'Back to Black'.

(Reportagem de Avril Ormsby)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG