JALES - A Polícia Federal de Jales, no interior paulista, prendeu, na noite de domingo, um cantor sertanejo que estava com 7kg de cocaína escondidos no tanque de combustível de um Gol, na cidade de Santa Fé do Sul.

De acordo com a polícia, o suspeito fez sucesso na década de 90, pelo interior do Estado. A Polícia Federal alega que, para não atrapalhar as investigações, só pode divulgar as iniciais do nome dele, que é G.J.Q, de 40 anos. No carro com o cantor, a Polícia Federal prendeu outro homem, de 62 anos.

Divulgação
Polícia retira droga de tanque de Gol

Após investigação, a polícia afirma ter descoberto que os dois recebiam drogas de Corumbá, no Mato Grosso do Sul. Depois, quando a cocaína chegava à cidade de Santa Fé do Sul, no extremo noroeste paulista, era levada para uma chácara onde era armazenada e distribuída para outros municípios.

Os dois foram encontrados nas proximidades da Ponte Rodoferroviária, na divisa entre os Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. 

Segundo a polícia, no momento da abordagem, um terceiro investigado conseguiu fugir. Foram feitas buscas na região, mas ele não foi localizado.

Os suspeitos foram levados ao presídio de Santa Fé do Sul e, conforme a Polícia Federal, se condenados, podem pegar de 5 a 25 anos de prisão.

Leia mais sobre: tráfico de drogas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.